segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

mudar de casa

Semanas iguais, de um lado
Para o outro que é igual
Semelhante existência
Nómada entres dois sítios
Sempre com a casa às costas
Com a triste percepção
Que toda a vida cabe numa só mala

Sem comentários:

Enviar um comentário