quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Ilimitado

Sem tempo ocupado
Escolhas livres do que fazer
Mas o que não tem limite
Mata a imaginação
Pois ela nasce da dificuldade
E não do sim mas do não
Contorço-me, medito
Evito a inteligência
Pois  ignorância é benção
Ausência de preocupação

Sem comentários:

Enviar um comentário