quinta-feira, 5 de junho de 2014

Impõem-se militares
Generais de pensamento
Soldados de esquecimento
Na guerra que corre no ar

Impõem-se armas sangrentas
Nas bocas fechadas do medo
Nas balas deste sossego

Impõem-se ideias
Nos uniformes de todos nós
Nos uniformizados de discurso
Tantos a falar
Tantos sem voz

Sem comentários:

Enviar um comentário