sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Ficámos pela velhice
Já sem chegar até à manhã
Idade não matinal
E a esperança tornou-se vã

Sem comentários:

Enviar um comentário