quarta-feira, 4 de junho de 2014

A vida é um percurso compassado passo a passo que entra a galope de rompante em todos nós
É uma composição de breves  e semibreves ritmos simulados de pequeninas colcheias que atormentam as suas passagens tão graves
É melodia, é voz, é instrumento
É um beijo carinhoso para nos acalmar no fim
É carícia acordiada nas melodias inacabadas que se acabam num momento
É barulho à procura de silêncio

Sem comentários:

Enviar um comentário